segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Bariátrica, e daí?

Faz quase cinco meses que fiz a Bariátrica. Lá se foram 28 quilos que não voltarão mais. Estou mais leve, com menos problemas físicos e tentando me reconhecer nesse rosto mais fino que aparece do lado de lá do espelho.
Continuo lutando contra os velhos hábitos como por exemplo, encher o garfo de comida e entuxar na boca. Sempre depois dessa primeira garfada que lembro que não poderia ter feito isso e que deveria ter colocado comida apenas na ponta do garfo, mas já é tarde demais e pra não ficar cuspindo feito uma lhama, resolvo mastigar e engolir lentamente. Quando finalmente eu consigo engolir a maldita garfada, já não consigo mais comer a segunda.
Frutas são uma benção dos Deuses! Principalmente frutas leves como Melancia, Melão e Abacaxi, minhas preferidas.
Os espaguetes que eram minha razão de viver foram substituídos por leguminosas... Quem diria? Eu? Comendo legumes?
Lasanha? Jura que eu não quero mais comer lasanha? Até parece que tem uma nova Mimi habitando meu corpo, pois eu olho a lasanha, sinto vontade e ao mesmo tempo não sinto vontade... Como entender essa dualidade?
É que sei que se eu comer ao menos um pedacinho da lasanha, esse pedacinho cairá como uma pedra de concreto no meu atual mini estômago o que me faz querer e não querer ao mesmo tempo.
Pois é, estou emagrecendo e daí?
E daí que estou tendo que lidar com situações bem estranhas.
Ontem levei meu filho e minha norinha ao Mc Donalds e, enquanto esperava a fila no Drive-Thru, fiquei estudando as propagandas dos sanduíches para ver qual eu conseguiria comer. Antes eu pediria de olhos fechados um Big Taste com aquele molho memorável e um Mac Flurry de Ovomaltine. Óbvio que incluía as batatas grandes e o guaraná grande também. Enfim, quando chegou a minha vez, não pedi nada pra mim. Nem o sorvete, é mole? Depois eu até pensei que poderia ter pedido ao menos um suco, mas já era tarde demais.
Minha colega voltou do almoço com um sundae do Mac. Donalds e aquilo me revirou o estômago! DEUS! TEM UM SER QUE SE APOSSOU DE MEU CORPO! SÓ PODE SER ISSO! ENJÔO COM SUNDAE?
Eu amava os Miojos! Sexta feira era meu dia de miojos e fazia ao menos dois. Preparava ambos em uma panela com pouquíssima água pra ficar só o macarrão mesmo, então eu escorria a água, juntava os temperos, misturava duas colheres de requeijão que derretia no macarrão ainda quente, jogava bastante queijo ralado por cima, sentava em frente da TV e mandava ver! Altas horas da noite eu ainda fazia mais um. Hoje, só de pensar nisso, me embrulha o estômago.
Domingo fui num self service e fiquei com pena de mim quando vi meu pratinho humilde. Um pedacinho de peixe que não consegui comer inteiro, duas rodelas de beterraba (Detalhe: AMO BETERRABAS!), 3 pedacinhos de vagem, um punhado minúsculo de couve e só! Sobremesa um pedaço pequeno de melancia e dois pedaços pequenos de abacaxi. Detalhe Nº 2: Passei mal, pois comi demais! Fiquei deitada a tarde inteira com dor de estômago.
Quando a terapeuta falava que eu iria ter que me reconhecer em outra pessoa, eu não acreditava, mas ela estava coberta de razão!
Com quase 30 quilos a menos já consigo vestir roupas que não serviam há muuuito tempo e isso é muito legal! Poder ver minhas saboneteiras nascendo abaixo do pescoço é um triunfo! Já tinha até me esquecido desses ossinhos tão adoráveis!
A bariátrica é uma benção, mas não é fácil! É uma luta diária em manter sua nutrição em um nível que não vá te adoecer. As carnes são fundamentais e, sinceramente, eu ODEIO carnes, mas tenho que me alimentar com elas se não quiser morrer de inanição e, muito menos ficar careca.
A luta emocional também é grande. É uma luta entre o querer comer e o conseguir comer.
Não tenha dúvidas de que vou precisar de plásticas! Pelo menos três! Mas garanto que a quantidade de peles que irão retirar de mim abastecerá todos os hospitais filiados à Sociedade Brasileira de Queimaduras! Uma boa causa para outra boa causa. Uma troca bem justa.
Mas ainda faltam mais uns 20 quilos até esse dia chegar.

E a luta continua... Campanha FomeZero é comigo mesmo!


Um comentário:

✿ chica disse...

28? Puxa, que legal e te imagino bem esforçada e desejo que tenhas força de vontade pra assim prosseguir. Coisa boa! Beijos, tudo de bom,chica