sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Pedido de Desculpas a Santo Antonio

Estou aqui para fazer uma retratação. Fiz um pedido para o senhor Santo Antonio e para São Francisco há umas duas semanas atrás.
Vou abrir o jogo. Na verdade Santo Antonio, andei muito decepcionada com o senhor, pois tudo que eu pedia através do responso que consta no seu caderninho de novena, nunca foi realizado. Como o senhor sabe, minha mãe é sua devota e tem pelo senhor uma fé inabalável, pois sempre vai em sua missa anual, distribui pãezinhos abençoados para os familiares e faz a sua novena ininterruptamente durante o ano inteiro sempre terminando e recomeçando ano após ano. Cá entre nós eu sei de sua preferência em relação a minha mãe, pois o senhor sabe muito bem que não sou de ir em missas, nem de distribuir pãezinhos e muito menos “novenar” pelos 365 dias do ano bem como os anos posteriores... No máximo faço um responso quando tenho alguma urgência (e faço apenas 1) já aguardando suas providências para a efetivação do dito cujo do pedido. Sei que não sou uma devota de mão cheia e nem levo esmolas pra sua igreja como minha mãe faz todos os meses, mas confesso que achava que cairia em suas graças sendo filha de uma devota tão fervorosa na fé com o senhor como minha mãe, portanto, imaginei que alguns responsos em horas de pânico fossem suficientes para angariar suas graças.
Como fiz uma solicitação há duas semanas e o senhor, a princípio, a teria negado, resolvi apelar para São Francisco. Aguardei então pacientemente que São Francisco efetivasse a graça que, a princípio, teria sido negada pelo senhor. Ao término daquela semana, fui informada que a graça não poderia ser atingida o que me indignou muuuito. Confesso que há pelo menos uns quatro dias eu fico falando impropérios tanto para o senhor, quanto para São Francisco que imaginei ter alguma consideração comigo uma vez que colei sua pombinha em seu ombro com “superbonder” para evitar que beatos imbecis a seqüestrassem em troca de graças atingidas, mas fiquei absurdamente decepcionada ao ver que a consideração de São Francisco era tão nula quanto a sua consideração comigo. Porém, hoje pela manhã, meu filho me ligou avisando que a graça fora atendida (um pouco tarde não é, mas ta valendo!) Diante disso resolvi me retratar diante do senhor Santo Antonio pedindo mil desculpas pelas palavras de baixo calão que dirigi ao senhor. Peço, e sei que estou abusando, que o senhor também dirija minhas desculpas a São Francisco, pois estou muito sem graça de dirigir a ele meus pensamentos de escusas diante de tudo que lhe falei, ou pensei, motivo pelo qual solicito a sua intervenção, mesmo porque ainda estou em dúvida se foi o senhor ou se foi ele que realizou meu pedido. Pensei em perguntar a minha mãe, mas com certeza ela irá puxar sardinha para o seu lado, concorda? O que deixaria São Francisco em uma posição injusta.  Diante desses fatos, peço humildemente que o senhor me perdoe e dirija meus arrependimentos a São Francisco. Prometo que da próxima vez vou dar ouvidos àquelas orientações sobre o Tempo de Deus que insisto em esquecer. Perdoe-me novamente, ok?
Com todo carinho,
Miriam

2 comentários:

Jorge Luiz disse...

Sensacional!! Muito bom mesmo!!
Desculpe as poucas visitas, mas prometo voltar mais vezes. Um grande abraço!
jorge-menteaberta.blogspot.com

Anônimo disse...

eu preciso me desculpa com santo antonio , pois a quase 7 anos fiz uma simpatia para trazer meu ex marido de volta tirei o nenem de santo antonio e coloquei o santo de cabeça para baixo dentro de um pote com tampa com leite de peito , como a simpatia nao funcionou joguei a imagem com vidro e tudo e depois joguei o bebe . E isso me acusa ate mesmo nunca mais fui feliz no amor. Entao pesso perdao ao Santo Antonio e que minha vida que esta amarrada venha se desprender desse mal, e que o Santo Antonio me perdoe Amem! Sonia