quinta-feira, 31 de março de 2011

Matando curiosidade de Beth!

Voltando ao Post: Suicídio... e ai? resolvi passar o desfecho final sobre o que aconteceu depois que minha mãe encontrou aquela prova em que tirei ZERO de religião escondida entre o estrado e o colchão da cama dela. Depois de uns três "Miriam Rose", o último bem pausado diga-se de passagem "MI-RI-AM----RO-SE", desisti de minha intenção referente a martelocídio (isso muito bem colocado por Beth, diga-se de passagem) e fui ao encontro de mamãe que se encontrava com os olhos esbugalhados... aliás BEEEM ESBUGALHADOS, segurando a prova nas mãos com um ar de espanto, decepção e raiva. (não sei qual dos três estava mais evidente) Cheguei meio que fugindo e coloquei só a cabeça pra dentro do quarto. Primeiro ela me pediu para que explicasse o ZERO da prova de Religião. Como explicar o inexplicável? As provas de religião eram sempre sobre boas ações, o que Jesus dizia, os dez mandamentos, os sete pecados capitais e etc, mas dessa vez, a Irmã Mirtes (nome da professora) resolveu dar versículos da bíblia e eu não havia estudado a bíblia! Como explicar isso??? Só falei que não havia estudado. Ela respondeu que Religião não precisava estudar e que "você deveria saber", que "onde já se viu tirar ZERO nessa matéria", que "vou contar pro seu pai" (sempre sobrava pro papai) e blábláblá, blábláblá e blábláblá.
Tive que aguentar recuperação (atual "Reforço") em religião nas férias mais a carranquice da Madre Superiora que ficou muuuito brava com o ZERO em religião, mas, principalmente, por eu ter sido a única do COLÉGIO INTEIRO a ter que fazer recuperação dessa matéria.
Curiosidades sanadas Beth??? Bjokas!!!

13 comentários:

Bєtн мoηtєiяo disse...

Simmmmmmmmm........tks. Bjux

Carla Farinazzi disse...

Esta história do ZERO em religião foi tão bacana que li junto com a minha filha, rsrsrs. Ela também estuda em um colégio de freiras católicas, e demos boas risadas juntas.
Foi tão legal!

Beijos

Carla

Ives disse...

Olá Srta, estou a seguir seu passos no blog rs abraços

PALÁCIO DAS LETRAS disse...

Obrigado por está me seguindo e vendo meu Blog.
Olhando o seu perfil do "quem sou eu",ví que você tem os mesmos problemas com a parte técnica da informática dos Blogs,com estes tais de "Gadgets",ou coisa parecida. Eu até hoje não aprendi a transferir um selo que ganhei de um outro Blog para o meu-(já ganhei vários).Quando tenho dificuldades de postar alguma coisa,peço ajuda a meu filho que é "viciado" em computador,mas por ser viciado em computador,ele não larga o outro computador no qual fica "jogando" direto, e nunca tem tempo para me ajudar.
Por isso meu Blog é rústico,sem muitos adereços,selinhos,etc.Acho que vou ter de "dar uma ORDEM para ele fazer isso para mim ...ao invés de ficar pedindo.
Bom fim de semana,Míriam!

Marcelly Rosa disse...

amei seu blog e seu post
estou te seguindo me segue tbm
hppt://marcellyrosa.blogspot.com

Beijos Cor De Rosa...!

soniaconslt disse...

Bom não foi tão terrível, não é mesmo?
Hoje causa gargalhadas!
Bjus

É...não chega a ser um livro digital, mas umas pinceladas em uma história nada comum.
Acredito que seja bem curioso saber. Não acha?

S* disse...

ahahah

Tenho a certeza de que és boa religiosa, mesmo com o zero. :D

Jeanne disse...

rsrsrs muito boa esta! pra dizer a verdade acho que é a primeira vez que sei de alguém que conseguiu esta proeza! rsrs
eram MUITO chatas as aulas, ninguém merece!
beijos

Anônimo disse...

Eu ia muito, mas muito bem em Educação Moral e Cívica, que, numa escola pública (anos 70) era o equivalente à Religião.
Eu sempre fui "sapeca" (termo usado nos anos 70...rsrs) e já tinha algumas ideias do Espiritismo, então conclui-se que eu só concordava com o ponto de vista do que era ensinado pra tirar nota 10! kkk
Céci Lisbôa

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Pode ter tido zero, porque teve um lapso de memória :P

ValériaC disse...

Rsrsrsr adorei... fantástico seu jeito de escrever... bem humorado...bom demais te ler viu?
E quanto ao aplicativo do post anterior, fica tranquila, com essa simpatia toda que tem, sempre terá visitantes...beijinhos e ótimo sábado...
Valéria

wcastanheira disse...

Um final feliz, sem suicídio, nem e m religião q precisamos trabalhar bem para saber definir q religão sigo eu? Eu não tive muita opção porém amo e estou feliz com a minha...Isso é ponto final, pra vc minha linda bjos, bjos e bjossssssssssssssssssssss

Mais Equilibrio disse...

Olá,
Tirar zero em religião é realmente algo difícil de se explicar!
Mas no final tudo deu certo, isto é que importa.
Parabéns pelo blog
Bjs
Obrigada por me seguir
Eliana